In_Diferentemente

Tudo poderia ter sido diferente Se eu tivesse me entregado por inteira Tudo poderia ter sido diferente Se você me contasse seus verdadeiros problemas Tudo poderia ter sido diferente Se tivéssemos maturidade suficiente Para entender que isso é amor E nos entregar, sem medo e pudor Tudo poderia ter sido diferente Mas agora está assim … Continue lendo In_Diferentemente

Ovelha Ferida

  O Leão de outrora já não existe mais Talvez nunca tenha existido Hoje apenas o que vejo É uma ovelha ferida de morte Sangrando a beira do caminho Buscando ajuda onde não tem Pedindo socorro a quem não pode ajudar Óh minha pequena ovelha, Estou aqui Mas você não me vê Pudera te dar … Continue lendo Ovelha Ferida

  Eu preciso dizer adeus Estou ferida de morte A vida já não tem a liberdade Que outrora me sustentava Pessoas me machucam Sem pensar na minha dor Sem nenhum motivo Eu já não tenho nenhum valor Sou apenas o lixo do passado. Eu preciso dizer adeus Te deixar com sua consciência Que um dia … Continue lendo

Ser Amado, Amando Outrem

...ter tudo de alguém... ...mas querer ter de outro... ...sofrer com a solidão... ...não iludir o iludido... ... rejeitar sendo rejeitado... ...quando tudo... ...se torna mais penoso... ...a dor consome... ...a alma pede morte... ...coração sangra... ...a mente não pensa... ...oceano de sofrimento... ...consumindo a consciência... ...de quem outrora... ...era mais que inteligência.   Josy … Continue lendo Ser Amado, Amando Outrem

A liberdade

Repostando esse texto que foi um dos mais curtidos por aqui!

Sentimento inoperante

dik3acpx0aabnrx

Sentir que não mais sente
Não querer ter o que antes tanto queria
Se livrar de um sentimento
Que outrora te feria

Aquela paz que vem de dentro
Tranquilidade em pensamento
Coração aberto para novo
Como poesia nunca lida

Mergulhar em sentimentos
Puros e com frescor
Início de um novo ciclo
Desabrochando como uma flor

Me entregar com alma
A um olhar tranquilo
E um abraço terno
Que me ascende e me acalma.

Josy Carvalho

Ver o post original

Ela

Repostando esse texto pela intensidade e o que representa pra mim!

Sentimento inoperante

Quem a vê
Não sabe o inferno
Que ela é por dentro

Quem vê seu sorriso
Não é capaz de enxergar
As lágrimas que escorrem por de trás

Quem a vê de pé
Não sabe quantos tombos
A vida já lhe deu

Quem a vê amando
Não sabe o quanto seu
Coração sangra internamente

Quem a vê lutando
Não sabe dos duros golpes
Que ela já levou

Quem a vê feliz
Não imagina
O quanto a tristeza domina sua mente

Quem a vê vivendo
Não sabe que ela
Já morreu faz tempo

Josy Carvalho

Ver o post original